Ajude compartilhando!

Esquecemos de olhar para nós mesmos e identificar aquilo que é realmente importante e se pararmos um instante em nossa vida, nós vamos entender que aquilo que é importante para cada um de nós é imaterial, e não material.

No começo da nossa vida toda a nossa noção de importância é material. Por exemplo: uma pessoa jovem pensa que quando ele entrar “naquele carro” será a pessoa mais feliz do mundo. Mas lá na frente, talvez ele saiba que um dia ele possa chorar dentro do carro, de tristeza e de solidão. Talvez o banco de couro tão maravilhoso seja manchado por algumas lagrimas, motivado pela dor no coração.
Então, com o passar dos anos, vamos notando que o que nós precisamos de verdade são de valores imateriais.

A PAZ é um dos valores imateriais que mais precisamos atualmente.

Existe um certo momento da vida em que o ser humano compreende de uma forma perfeita como é importante ter paz. Porque uma vida atormentada não é digna de ser vivida.

Paz. Ele não quer ser o cara mais importante, o mais conhecido, o mais popular, o maior proprietário ele não quer mais! Ele quer paz. Simplesmente sentar num lugar e olhar para toda a paisagem e ter paz para admirar – como é importante. Quem já teve uma noite atormentada sabe como é preciosa uma noite de paz.

Nós temos o empirismo, temos os nossos “achismos”, mas sempre somos povoados por uma multidão de dúvidas. E essas dúvidas muitas vezes podem ser sanadas com grande facilidade, desde que o nosso orgulho não seja empecilho, e que tenhamos humildade em ouvir aquilo que Deus quer falar com cada filho que Ele Criou e aconselhar que abramos o nosso coração para receber aquilo que Ele tem reservado para cada um de nós. Desde que tenhamos a humildade e a boa vontade de orar e de perguntar para Deus, mas também saber aguardar em seguida a Sua resposta. Muitas vezes um pouco do espírito de Deus na nossa vida é suficiente para nos dar a paz que precisamos.

Além da oração, o que mais posso fazer para ter paz?

Podemos agir para ter essa paz entendendo também um ponto: a paz é a ausência de tormento. Se você está atormentado, está sem paz, e se você está em paz, é porque está sem tormento. Mas o que são esses tormentos em nossa vida? Muitos destes que acabam com a nossa vida no hoje, tiveram participação nossa também, pois muitos dos nossos tormentos foram escolhas erradas no nosso ontem. Não foram?

Se a paz é exatamente a ausência de tormento, então como se faz?
Primeiro é parar de gerar tormentos na própria vida, aprender a viver. É preciso aprender a fazer as coisas certas para não ter o tormento como resposta. Precisamos nos lembrar de uma Lei Universal: Toda a ação implica uma reação. Cada um é digno do que oferece. Não é somente uma linha filosófica ou religiosa, a própria física também nos fala da lei de ação e reação.

Observe as ações que você tem durante o dia e saberá a reação que terá. Observe as coisas que fala e saberá aquilo que você se prepara para receber. Olha aquilo que faz e saberá aquilo que é digno de ter também como recebimento.

Fazendo assim paramos de gerar tormentos em nossa vida. Se eu começar a ter um pouco mais de cuidado, um pouco mais de tolerância ao meu redor até mesmo comigo, eu vou ter mais paz. Alguém tem paz brigando todos os dias? Não. Até aquele que briga todos os dias, chega uma hora em que a pessoa cansa de brigar. E a paz, nos diz o Evangelho, nunca nasce antes da tolerância.

Muitas vezes eu perco a paz dentro de casa quando eu não tolero o que meu filho faz ou não tolero o que o meu esposo faz, ou não tolero o que a outra pessoa que está na minha casa faz. E quando eu não tolero, eu perco a paz. Porque todo o ato de ira é fermentado e toda a raiva pensada muitas vezes vira ódio. Se você vai pensando, pensando em uma raiva, vai gerando ódio e a sua mente vai encontrando motivos para se vingar, pois o ódio tem sede de vingança.

Precisamos de pequenas mudanças na nossa vida; precisamos olhar com mais cuidado a nossa própria vida.

Será que você fala para o seu próximo aquilo que você gostaria de ouvir? Você faz para o teu irmão aquilo que gostaria de receber? Será que você perdoa facilmente? Porque muitas coisas nós temos para serem perdoadas, precisamos lembrar disso.

É uma semeadura: pequenos atos, pequenas atitudes, pequenos momentos na nossa vida, mudam totalmente o panorama da nossa existência. E muda a alegria do nosso viver! Se nós semeamos paz na nossa vida, é paz que teremos. 🤗🌼🙏

Ajude compartilhando!